domingo, 15 de abril de 2007

Ode à Língua Portuguesa

Quando somos crianças, a falta de conhecimento por vezes faz-nos agir de forma completamente absurda, como por exemplo ter uma fobia desmesurada pelo Roda Pé (curioso que é a primeira que escrevo Roda Pé), um verdadeiro causador de pesadelos, insónias e Stress Pós Traumático, não é Marisa?
Mas o facto de não saber "falar estrangeiro", pode também originar situações particularmente embaraçosas, como por exemplo, durante a Expo98, um Assistente do Pavilhão da Realidade Virtual questionado por um casal de turistas franceses sobre a localização das Casas de Banho, encaminha-os com um "Tout en Frent.." bastante diligente, ou ainda um CasaNova, que fascinado pela beleza de uma jovem castelhana, arrisca uma abordagem e num tom estilo Barry White pergunta: "Hola..Como te Hablas?"
Mas também o português, por vezes é alvo de algumas atrocidades, como por exemplo, durante uma conversa sobre as várias formas de dizer a palavra Salsicha, (uma vez existem bastantes derivações no que concerne à sua pronunciação, as quais deixamos aqui alguns exemplos: Xalsicha, Salchicha ou ainda Xalchichas) um individúo que afirma não saber se tem pelos púbicos até pescoço ou barba até ao escroto, exulta: "Xalchicha????Xalchicha sei dizer!!!!"

Sugere-se um breve leitura de Fernando Pessoa: Ode à Língua Portuguesa.

6 comentários:

nilton disse...

bons dias meu amigo,"exas" palavras com ch,j,xs e mais umas quantas letras sempre tive uma certa dificuldade em pronunciar,já no tempo da primária onde a prof. era a tua vizinha Amália e me obrigava a falar com um lápis na boca!!!(:)>,são estas coisas"simples"que levamos da vida

Hasta la vitória siempre!!!

epá e as saudades que tenho de tar com a malta toda.

um grande abraço pra ti e pra tua bicha,será em maio que a malta reune-se again???

Alcides disse...

Xiça com a Amália tá quieto óh bicho!!
acho que está na altura de combinarmos qualquer coisa..Sabes do que me lembrei? Um pic-nic..era capaz de ser engraçado..Que achas da ideia?Bora?

Abração

Filipa disse...

Amigo, esqueceste-te da tão famosa expressão " Je, je not!"
Não tem importância, certamente haveriam mais(do verbo haver e por isso com "h") mas dariam uma lista infidável!

Beijinhos!

Adorei!

Sergei disse...

...antes q saia a denuncia, recordo o sucedido num momento de fome atroz em Barcelona, em que o 'tuguês chega ao balcão do MacDonalds e após rápida associação de ideias manda o seu pedido light:

- "Por favor, una hamburguesa sin moho"

Ao que o empregado (levantando o rosto com cara iluminada estilo "eu vi a Luz" acompanhada de um som de aparição divina), procura confirmação:

-"sin moho?"

Nem foi preciso dizer mais nada, a prenda já tinha saido, bastou um anuir com a cabeça...

Vira-se prá cozinha onde tavam os colegas a trabalhar sem ânimo e manda um:

"Una hamburguesa...", roda o pescoço na direcção do 'tuguês, com uma cara simpática mas ao mesmo tempo de alguém que tem a cura prá tristeza nas mãos à custa do hermano, e solta o restante: "...SIN MOHO!!!"

Pronto, lá ficaram os outros todos com cara de "Eu vi a luz", gargalhada geral no Mac...

Afinal molho dizia-se salsa... moho era... môfo. :P

Tão a ver o filme, né?


PS: O choque foi tão grande que tal resposta não surgiu, mas mesmo à grande seria ter cara-de-pau extra, manter o ar superior, e soltar um patriótico:

"Ustedes en España son muy limitados. Nosotros en Portugal tenemos la opción con moho, es lo menú especial con extra penicilina…"

Abraço, S do P do ock

Alcides disse...

Antecipaste-te!!!Malvado...
Já estava na calha um post..

Sergei disse...

:P Ufa... tou a ver que foi por pouco, hehe. Não foi propositado, mas... passa a outro e nada ao mesmo :D


Abração