quinta-feira, 19 de abril de 2007

O Admirável Mundo Novo

Ontem fui à praia pela primeira vez neste ano.

Fui com o meu cunhado. E enquanto relaxávamos ao sol depois de um mergulho, começámos a ouvir o Homem dos Gelados ao longe.

Com o aproximar do profissional da comercialização de gelados, reparámos que algo na sua voz não estava normal. Constatámos que ao invés de carregar o pesado saco com os gelados, as águas, as cervejas e as línguas das sogras, tem agora um carro especialmente concebido para percursos arenosos e um gravador, por sua vez ligado a um altifalante que de forma automática emite as mensagens anteriormente proferidas pelos Homens do Gelado.

Julgo que a globalização é responsável pela perda de valores tradicionais como o Homem dos Gelados.

Qualquer dia, já não haverá Homens do Gelado e é tudo feito via Internet, em que enviamos um mail para homemdosgeladosonline@ola.pt com a informação da praia onde estaremos, o gelado que vamos querer comer e a que horas, sendo que há hora exacta aparece-nos um yuppie com o gelado e um pró-forma para assinar.

8 comentários:

Filipa disse...

Já te disse que és de morrer a rir?!!
Beijocas!

Alcides disse...

Obrigado..Será que é assim que se agradece este tipo de elogios?Bom mas por acaso estou a imaginar-te a rir a bandeiras despregadas..(adoro esta expressão)beijos

Pelicano disse...

No futuro enviam-te um gelado por email o qual tu descarregas através do teu fato-de-banho com dispositivo wireless.

Não deve ser muito giro alguém morrer após se contar uma piada pá

Sergei disse...

Bem... eu acho que quando se trata deste mano, ambas se aplicam...

Porque sim, é de morrer a rir, e sim tb se aplica a parte das despregadas.

Que o diga Nosso Senhor, que à terceira conversa do Alcides em frente da cruz teve de cruzar as mãos na barriga pq não aguentava mais (daí o despregadas), e sim pq lá prá sexta ou sétima acabou mesmo por partir (tão a ver?)... mas ressuscitou ao terceiro dia conforme as escrituras ;)


Abração, S do P do ock

Ella Vampyr disse...

"Julgo que a globalização é responsável pela perda de valores tradicionais como o Homem dos Gelados."

Isto tá cada vez pior...cada vez pior...

Alcides disse...

Andreia..Não percebi? Mas como tu ainda és nova isso há-de te passar..descansa que ainda hás-de dar razão ao Tio. Afinal só tens 18 anos:-)

Ella Vampyr disse...

Estava de facto a dar te razao, com um pouqinho de ironia á mistura :)

Sara Graça disse...

De facto é utópico querermos em simultâneo o progresso e mantermos as tradições.Alcides parabéns pelo blog, beijibhos da sara.