domingo, 6 de maio de 2007

Verdade de La Palisse

A Eructação é o resultado da expulsão de gases pela boca, que produzem um ruído tido como nauseante.

Para quem não está familiarizado com o termo técnico, aqui vos explico que a Eructação não é nada mais que um acto fisiológico perfeitamente normal e que numa linguagem mais corrente se traduz por Arroto.

Ele há quem diga o abecedário, cante e até recite poemas.Porém o motivo pelo qual abordo este tema tão interessante é o seu inconfundível Cheiro.

Ao contrário do que foi dito, anteriormente, não é apenas o ruído que é tido como nauseante. O seu cheiro, por vezes, é bastante incomodativo. Quer dizer para algumas pessoas...Existem outras, (como uma amiga minha, professora de Matemática e que vive em pecado com um agente da autoridade) que são apreciadoras destes odores. Aconteceu a caminho da praia do Meco, se a memória não me falha. Acabado de almoçar e ainda durante o período de digestão, o meu organismo realiza a Eructação inerente a qualquer refeição. O almoço tinha sido peixe, (e é aqui que todo este texto se focaliza), mas curiosamente o cheiro que é expelido pelo gás, invariavelmente é de carne, mais específicamente de Chouriço. No banco traseiro do carro, a professora, deliciada pelo cheiro e lambendo os lábios, diz:

Humm..que cheirinho a carne!!!

Pois bem, posto isto e após algumas experiências, aqui ficam algumas refeições, (retiradas do Livro do Pantagruel) e cheiro do Arroto correspondente:

Carapaus Alimados: cheira a Chouriço!

Coelho com Molho Escuro: cheira a Chouriço!

Polvo à Lagareiro: cheira a Chouriço!

Açorda Alentejana: cheira a Chouriço!

Cataplana de Tamboril: cheira a Chouriço!

Ensopado de Borrego: cheira a Chouriço!

Sopa de Cação: cheira a Chouriço!

Perdiz Frita à Moda de Coimbra: cheira a Chouriço!

Sopa Seca que se Agarra às Costas (Atenção que esta Sopa existe realmente!!): cheira a... Chouriço!

Meus amigos, se não acreditam no que vos digo, sugiro que tirem as vossas conclusões...Independentemente do que comerem, arrotarão sempre a Chouriço!

Esta é uma Verdade de La Palisse.

4 comentários:

David disse...

Eu não concordo com essa ideia simplista de que o arroto cheira sempre a chouriço. Acho que depende de quem o cheira.
Lembro-me uma vez em que arrotei enquanto falava (foi sem querer, obviamente) e do nosso amigo Nuno (de apelido Marto) me perguntar se eu tinha comido óleo de fígado de bacalhau.

Alcides disse...

é verdade! sei de pessoas que comeram favas com chouriço e também arrotaram oleo de figado de bacalhau...

sergei disse...

Não há nada como ir ao cinema com 3 amigos no belo Fórum comercial, e ter uma familia ao lado que acabou de enfardar carninha poderosa.

Tive a oportunidade de viver o momento mágico em que o Pai de familia abriu a goela e se ouviu aquele "burpsss" semi-contido... De imediato os alarmes soaram na mente, aguardando pelo impacto...

Surge o belo do odor com mistura febras/chouriço, e minha reacção imediata de exclamação "ssss...!!!", virando a cara, para o lado, ao que o colega ao meu lado pergunta "o que foi?". Nem foi necessário responder, já estava ele a virar a cara no sentido oposto e a soltar o "sssssss...!!!", o colega ao lado faz a mesma pergunta e "sssss...!!!", até que o ultimo ao respirar o aroma e se aperceber da fonte situada 3 lugares à direita, exclama um esclarecedor "sssss, ca granda arroto!!!". Foi memorável.

O Sr. era mesmo dono de um poder notável, devo confessar. Mas nada de querer fama rápida, porque olhou para mim como se nada se tivesse passado. Adoro pessoas humildes. :)

Só vos digo que se alguém se lembra de usar isto naquelas demonstrações/recordes de dominó, vai surgir um caso sério no aspecto competitivo. Ou isso, ou então começam a ver as claques nos estádios a terem um novo método de arrancar com a "la ola".


Abraço, S do P do ock

Magali disse...

Cheirava deveras a carne! Mais precisamente a bife de cebolada! Hehe!