quinta-feira, 17 de maio de 2007

Ara (nha) Bela

Lev Yashin - Começou sua carreira como Guarda-Redes de hóquei no gelo na equipa de fábrica de ferramentas onde trabalhava em plena Segunda Guerra Mundial e aos quatorze anos decidiu optar pelo futebol. Segundo a lenda defendeu 150 penaltis na sua carreira.
Lev Yashin será sempre lembrado por especialistas na posição, como o jogador que mais revolucionou a forma com que guarda-redes actuam. No decorrer dos anos muitos tentaram copiar seu estilo mas nenhum deles igualou os feitos do Aranha Negra. Foram 270 jogos sem sofrer golos e 150 penaltis defendidos.
*******************************************************************

Tradutora de profissão e amante de golfinhos, esta personagem é no mínimo invulgar. Possuidora de uma sentido de humor muito particular e inteligente, tem um lado muito mais ligado ao Futebol e mais especificamente à posição de Guarda-Redes, do que ela própria imagina…

Por diversas ocasiões protagonizou grandes exibições, uma delas ao estilo do Pai do Ruivo em plena Praia do Meco..mas já lá iremos..

A primeira performance teve lugar à saída da casa de seus pais. Eu, a minha Bicha e o Tony Ramos aguardávamos por ela à porta da casa dos seus pais (outra característica desta figura é a sua pontualidade africana, sendo que a média de atrasos ronda os 47 min). Após alguns minutos de espera, ouvimos a porta de casa a fechar e a da rua a abrir e no exacto momento em que ela abre a porta, dois jovens estão a passar e tal qual Lev Yashin realiza um carrinho fantástico, abalroando os avançados. A plateia (nós) ovacionou a parada entusiasticamente.

A segunda grande defesa, teve lugar na Praia do Meco. O dia estava ventoso, daqueles dias em que os guardas-sol se julgam gaivotas e as gavotas sacos do intermarché…A rajada de vento foi forte, projectando o guarda sol para mais de 97 cm de altura, Ara (nha) ouve o guarda-sol cair a um metro de mim…olha…vira-se para bronzear a parte frontal do seu corpo..adormece…e depois de 15 min…vemos um corpo inerte a sobrevoar-nos a cabeça, proporcionando uma sombra fria, em direcção ao Chapéu de Sol estagnado. Agarra-o e cai enrolando-se na areia.

Estupefactos, eu e a minha Bicha questionamo-nos do motivo do voo da Ara(nha) por breves momentos, mas rendemos-nos às evidências…estávamos perante um grande Guarda-Redes.

Quero homenagea-la com alguns provérbios à imagem do seu humor tão peculiar:

Expõe-me com quem deambulas e a tua idiossincrasia augurarei
Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és..

Espécime avícola na cavidade metacárpica, supera os congéneres em duplicado
Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar

Equino objecto de dádiva não é passível de auscultação odontológica
A cavalo dado não se olham os dentes

Pequena leguminosa seca após pequena leguminosa seca, atesta a capacidade de ingestão de espécie avicola
Grão a grão enche a galinha o papo

Descendente de espécime piscícola sabe movimentar-se em liquido inorgânico
Filho de peixe sabe nadar

3 comentários:

Anónimo disse...

LOLOLOLOL
Epá, perante fardos, não há jumentos!!!
Não sei pq, identifikei-me nesta "posta"...
Ó Vicente Melro, eskeceste-te foi de referir a bela da serenata com k me presentearam, à janela da cozinha (lá vai o tempo das serenatas à janela do quarto... Bem, se calhar, o facto de o quarto ser interior ajuda...), minutos antes do "carrinho".
Aposto que a memória dos "carrinhados" se havia de avivar, se passassem por este blog (chances are...), tadinhos...
:D
Mas olha que, se não tenho agarrado aquele chapéu, muita gente havia de se ter magoado!!!
Red Bull dá-te asaaaaaaaas!!
Com jetlag de aprox. 47 minutos, mas dá-te asas!
:P

Cu: Starg@zer

Alcides disse...

ÉS A MAIOR!!!

Filipa disse...

Quando penso: "Pronto é desta! Ele não vai conseguir surpreender-me mais!" Lá vens tu com uma nova história de rir e chorar por mais! Sempre deliciosamente bem contada!
Adorei os provérbios!!!
Beijinhos!