quinta-feira, 22 de abril de 2010

Lara hoje ofereço-te Sophia...


Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Breyner Andersen

Porque estás proxima de mim e porque te adoro...
Parabéns

2 comentários:

Catarina disse...

Muitos Parabéns Larica :D

Lara disse...

Serei tudo isso? E será tudo isso uma virtude? Em muito me revejo, e em muito me olho através dos teus olhos e aí me torno ainda mais pessoa. Mesmo que nem sempre estejamos presentes, renascemos de cada vez que um amigo nos recorda. E é muito gratificante perante a ausência temporal a que estamos sujeitos, encontrar a imagem que reflicto em ti. "Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível para os olhos." e eu sei que me vês com o coração. Tambem te adoro:)