domingo, 13 de janeiro de 2008

Rent-A-Beer

Estás num bar. A música está boa, a conversa flui e acabaste de beber uma cerveja que pagaste dois euros por ela. 90 Segundos depois de a terminares, dá-te uma vontade incontrolável de ires ao wc…Vais ao wc. Urinas a cerveja que acabaste de comprar. Voltas ao bar e pedes mais uma cerveja. Volvidos alguns minutos, nova ida ao wc. Mais dois euros levados pela descarga do autoclismo.

O conceito de Bebida de Alguer não é novo, porém nunca passou de uma teoria. Após umas urinadelas dispendiosas, originadas pela ingestão voluntária de cerveja, dei-me conta da quantidade de dinheiro que vai, literalmente, pelo cano.

Ora bem, partindo deste pressuposto, julgo que seria menos dispendioso, sensato e também ecológico a abertura de um ou até mesmo vários estabelecimentos comerciais que incentivassem a reutilização de Urina e consequentemente a poupança de alguns trocos. Tenho conhecimento de um sistema portátil de purificação de água denominado Lifestraw, que elimina praticamente todos os vírus e bactérias tornando a água suja e contaminada em água potável. Tendo como base esta invenção a questão de beber cerveja e urinar logo de seguida poderia ser ultrapassada.

O espaço comercial disponibilizaria, à entrada, uma palhinha para utilização sempre que o cliente precisasse de ir ao wc e como que por alquimia transformava urina em cerveja.

O bar chamar-se-ia Rent-A-Beer e estariam todos convidados a vir beber a vossa urina.

3 comentários:

Luazinha disse...

Fonix, inda bem q n bebo cerveja!
Andas cá c umas ideias...
Boa semana!
Kiss

Anónimo disse...

Que nojo...

Déspota disse...

Ui. Mas melhor seria aplicar apenas para a cerveja Belga. É que é das poucas que se bebem quentinhas e com muita espuma.