sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Bar do Senhor

A Igreja Católica não pára de me surpreender. A paróquia de Monte Real engendrou um mecanismo pop para colocar os fiéis a cantar os salmos em uníssono.

Farto de missas que mais se assemelhavam às manhãs do mercado do Bulhão, o pároco de Monte Real recorreu à tecnologia, mais propriamente ao Karaoke. Muniu as paredes da igreja com plasmas de alta de definição e a febre de sábado à noite tem continuidade no domingo de manhã.

Esta medida irreverente pode modificar a Igreja de Monte Real, pois os habitantes que gostam de sair à noite podem confundir as missas de domingo de manhã, com o after-hours de algum baile dançante. Assim, a ideia de ter um segurança à porta, no sentido de fazer a triagem entre as beatas e os ébrios, pode não ser tão descabida quanto isso.

O Karaoke na Igreja pode aproximar o profano negócio da noite com as sagradas missas dominicais: ao Sound System e aos Seguranças, juntemos-lhe o dress-code, a guest list e a distribuição de flyers. As manhãs de domingo nunca mais serão as mesmas em Monte Real.

O Genuflexório seria almofadado e teria uma parte em napa, o Ostensório substituído por uma bola de espelhos com imagens litúrgicas e o título honorífico do Sr. Padre seria actualizado para MC.

A Casa do Senhor é agora...o Bar do Senhor.

1 comentário:

Pelicano disse...

Bom Natal!
Voltei a escrever no meu blog genérico (até tem canais - parece a SIC) e vou voltar a fazê-lo com regularidade. Sou teu amigo, isto é apenas um aviso para não passares por lá!